O que preciso para contratar? 

Pouca gente realmente sabe o que é comédia stand-up, como se faz, como se produz, ​o que precisa pra dar certo, como faz pra não ser um fracasso, etc. Separei algumas dicas aqui do que já aprendi e do que andei lendo por ai justamente para evitar problemas nas contratações.

O que preciso, tecnicamente?

 

Espaço: se for muito amplo, o ideal é que o palco seja alto e que não haja nada entre o público e o comediante. O contato visual é essencial durante toda a apresentação. Pilares não são recomendados.

Som: Nem o melhor dos comediantes consegue divertir uma plateia se ele não estiver sendo claramente ouvido. Portanto, o microfone e equipamento de som de boa qualidade pode ser o diferencial entre o sucesso e o fracasso da apresentação.

Iluminação: A questão da atenção é importante. Portanto, recomendo reduzir ou até desligar toda a iluminação do espaço, deixando um foco de luz apenas no comediante.​

Então, se eu tiver som, luz e um espaço bom, posso iniciar o show de qualquer jeito? 

 

Não, a questão técnica não é a única a se observar. Se a apresentação for em um evento fechado, ou seja, se não houve ingressos vendidos, se é uma confraternização com outros fins e o comediante for apenas um "plus", há a necessidade de uma certa preparação psicológica para a plateia. Sem muita enrolação:

- Nunca durante o jantar, nem mesmo após. A apresentação deve ser a primeira atração da noite, por ser uma programação mais "light", vir após a feijoada e as duas horas de pagode não vai ser nada legal.

- De preferência que a apresentação não seja uma surpresa para os presentes. É mais interessante que as pessoas estejam preparadas para parar o que estavam fazendo para dar atenção ao comediante. Quando a pessoa vai ao teatro, ela sabe o que vai acontecer. Quando vai para o amigo-oculto da empresa, não.​

O evento não é em São Paulo/SP, e agora?

 

Deslocamento: é de praxe o contratante arcar com todos os custos de deslocamento. Geralmente esses custos são as passagens aéreas (ou rodoviárias, se for uma cidade perto) e os traslados na cidade.

Hospedagem: também fica por conta do contratante. Não preciso de banheira e nem cobertura. Só quero conseguir dormir e esticar as pernas na horizontal sem ralar meu joelho no colchão. Basicão.

Alimentação: Tenho uma mania chata de ter que me alimentar em algum momento do dia, é de bom tom o contratante conseguir comida para o seu contratado.



Pode parecer bem mais caro do que realmente é, mas esses custos todos são evitáveis quando se consegue parceria com restaurantes, hotéis e/ou empresas de van. Basta um pouco de programação e trabalho que fica tudo bem barato!

01

02

03

Ok, já entendi. Posso te contratar?



Claro! O próximo passo é entrar em contato comigo no setor "CONTRATE" e mandar uma mensagem dizendo:

- Quem é você? Qual é o seu evento? Quantos minutos você deseja?

- Onde e quando é o evento? Quantas pessoas na plateia? Pode palavrão?

- Qual a sua cor preferida? Tem algum TOC?

 

Responderei o mais breve possível.

04